domingo, março 30, 2008

Primeiro Desaire

Decorreu hoje, dia 29 de Março em Santa Justa o desafio entre as formações do Rugby Clube Montemor e o Rugby da Linha, num jogo que se esperava renhido e onde se encontravam as formações invictas desta fase.
Começou melhor os Mouflons que transformaram uma penalidade por Ricardo Ribeiro, mas viriam a sofrer pouco depois 1 ensaio. O RCM tentava responder, colocava o jogo no meio campo adversário mas não concretizava e tinha falhas técnicas, assim como quem não marca sofre, a formação da Linha amplia o marcador através de 2 penalidades indo para o intervalo a ganhar por 3-11.
A segunda parte não foi muito diferente. Via-se um RCM a tentar dar a volta ao jogo, e que viria a reduzir através de mais uma penalidade de Ricardo Ribeiro. Mas a resposta do Rugby da Linha viria e marcariam um ensaio convertido mais uma vez através dos seus avançados. Com a desvantagem aumentada, o RCM foi novamente para cima do adversário e reduz o marcador através de um ensaio de penalidade depois de uma boa jogada de Hugo Mota, ensaio este convertido por Ricardo Ribeiro.
Nos últimos minutos viu-se os Mouflons a darem tudo por tudo, mas a jogar mais com o coração do que com a cabeça, e o marcador não viria a ser alterado ficando o resultado final em 13-18.
Depois deste primeiro desaire, tem de se continuar o trabalho para dar a volta a esta adversidade já que nada está perdido.
Jogou pelo Rugby Clube Montemor: Jorge (Lomu), Batata, Joel (Zé Pedro), André Calção, Fernando Soares, Mota (Chabal), Ricky (cap.), Chiquinho, Jomi, João Baptista, Bibe, Ricardo Ribeiro, Mihail, Zé Alberto, Semion.

Flash Interview

"Acho que este jogo foi um jogo que nos ensinou que se não formos todos aos treinos não atingimos os objectivos para os quais nos propusemos esta época. Acho que nos precipitamos muito este jogo no ataque, tendo muitas vezes aberto a bola cedo de mais sem termos fixado tanto o jogo, porque quando fixamos eles ficavam desorganizados e nos conseguíamos ganhar bastante terreno...Falhamos muito o ultimo passe que é uma coisa que não pode acontecer temos que treinar mais, temos que ouvir mais o João Baptista e temos que estar mais concentrados dentro de campo!
Para finalizar acho que a nossa defesa teve boa porque eles não criaram perigo a não ser de “maull” e é ai que teremos que melhorar mais!
Todos queremos ir ganhar a Cascais e é o que iremos fazer mas teremos que ganhar ao Prazer de Jogar e ao Santarém e teremos também que treinar bem e concentrados."
Francisco Soares

"A equipa este Sábado não esteve bem! Assumo por todos os erros que cometemos! Conheço os Homens que lidero; percebi que esta foi uma lição (aula de revisões) bastante oportuna. Como diz o ditado: “há males que vêm por bem”. Sei que todos dentro do Clube acreditam nos resultados positivos que vamos alcançar, por isso, o meu lema continua: trabalhar mais, para falhar menos.
PENSO QUE ESTE PROJECTO ESTÁ NO BOM CAMINHO! TEMOS UMA BOA EQUIPA! Não temos que nos preocupar, volto a afirmar: temos uma boa equipa. As coisas não correram bem, facto comprovado; mas sei que vamos dar a volta!
É IMPORTANTE SENTIR QUE OS JOGADORES MAIS EXPERIENTES NÃO SABEM JOGAR MAL E QUE PARECEM OS MAIS NOVOS NA MOTIVAÇÃO E VONTADE EM ALCANÇAR VITÓRIA APÓS VITÓRIA. SOMOS FORTES. Os jovens estão cada vez mais experientes e mais cedo ou mais tarde vão alcançar o que querem! Estes jovens têm exemplos importantes que podem e devem seguir, espero que o façam. Acredito que sabem retirar o que de bom podem apreciar nos mais experientes.
Quando chegar à meia-final, direi publicamente aquilo que já disse aos meus atletas, mas que alguns ainda não acreditam.
Quero deixar bem claro uma coisa: O NOSSO OBJECTIVO NESTE MOMENTO CONTINUA A SER O 1º LUGAR DESTE GRUPO! Não pensem que estou a querer evitar o que quer que seja; essa não é a minha postura - sei que temos equipa para qualquer uma, da II Divisão; mas PORQUE SEI QUE SOMOS MELHORES!
Sou crítico quando acho que devo ser, mas quero salientar a importância do trio de arbitragem que esteve em S. Justa (6 olhos a julgar o jogo); num jogo bem disputado (opinião partilhada pelas duas equipas), em que os erros nem merecem discussão. Gostei da ambição deste trio de arbitragem; sua vontade, tal como as duas equipas em ir trabalhar para que os erros sejam minimizados nas seguintes exibições. Espero; apenas que esta situação não aconteça esporadicamente, senão começo a pensar que não passa de uma farsa, em vez de verificar que há gente que começa a perceber que o RUGBY só pode ser jogado e evoluir com condições criadas.
AS GRANDES EQUIPAS TAMBÉM FALHAM – NÓS FALHÁMOS – MAS COMO GRANDES QUE SOMOS: ACREDITO QUE NÃO VAMOS FALHAR MAIS ATÉ AO OBJECTIVO!
João Baptista da Veiga Malta

sexta-feira, março 28, 2008

Convocados para Jogo contra Rugby da Linha

Os seguintes jogadores encontram-se convocados para o jogo contra a Associação Rugby da Linha e é para se encontrarem atrás do Curvo Semedo ás 13.15h.

Primeiras Linhas: Jorge, Batata, Joel Pedreirinho, Boguinha, Café, Zé Pedro, Lomu;

Segundas Linhas: Fernando Soares, André Calção;

Terceiras Linhas: Francisco Soares, Hugo Mota, Francisco Cornacho;

Formações: Nhé e Jomi;

Aberturas: João Baptista;

Centros: António Bibe, Ricardo Ribeiro, Mihail;

Pontas: Zé Alberto, Filipe Silva, Badé;

Arrier: Semion.

quarta-feira, março 26, 2008

Jogo Fim de Semana

Este Sábado dia 29 de Março, pelas 16.15h na Estalagem da Sorraia em Santa Justa, defrontam-se as formações do Rugby Clube de Montemor e a Associação Rugby da Linha, em mais um jogo para a 3ºJornada da Série A dos Apurados da IIº Divisão do Campeonato Nacional.
Num jogo muito importante, onde se defrontam os dois primeiros desta série, espera-se um bom jogo de rugby, que haja árbitro e como não poderia deixar de ser, que os sócios e adeptos aparecem em massa como é de seu timbre.

segunda-feira, março 17, 2008

Procissão Senhor dos Passos

O RCM tal como se tinha comprometido, compareceu na Procissão Senhor dos Passos (Domingo dia 16 de Março), procissão esta organizada pelo Agrupamento de Escuteiros de Montemor-o-Novo. Este evento religioso decorreu com elevação e aqueles que em nome do RCM disseram “sim”, fizeram-no com o maior respeito e dignidade, demonstrando que a Escola do Rugby é também uma Escola de Vida.
A todos o nosso OBRIGADO e que, este momento de devoção permita acreditar que com trabalho, esforço e dedicação, o RCM pode ser o que nós quisermos.


Sub 18

Os Sub-18 infelizmente não realizaram o jogo que estava agendado com o Belenenses, uma vez que, à última da hora (sexta -feira à noite -14 de Março) foi-nos comunicado que os campos A e B do Estádio Nacional não podiam ser utilizados. A hora tardia desta comunicação, já depois do treino de sexta-feira, fez com que se tivesse informado os atletas por sms e e-mail e também tivesse que ser anulado o transporte que previamente havia sido solicitado à Câmara Municipal de Montemor-o-Novo.
O nosso agradecimento pela compreensão por parte do”homem dos transportes” da Câmara Municipal, Manuel Filipe G. Novo.
Apesar deste revés, os Sub-18 não param, está marcado para terça-feira, dia 18 de Março o inicio de estágio de 1 dia a partir das 7.30h da manhã, no local do costume, com coordenação do treinador Ives Corradin, o RCM assegura o almoço.

Encontro Concelhio de Escolas e Escolinhas de Desporto

Decorreu no dia 15 de Março de 2008, no pavilhão gimnodesportivo de Montemor-o-Novo, entre as 9H30 e as 11H30, o habitual encontro concelhio de Escolas e Escolinhas de Desporto do nosso concelho.
O Rugby Clube de Montemor, através da escola de rugby, participou nas diversas actividades e conviveu com todos os outros rapazes e raparigas que, em representação das outras colectividades, aí compareceram. Apareceram os seguintes atletas: Jorge Gato; José Endim; Mateus Bregas; João Tomáz; Daniel Santos; Duarte Xavier; Pedro Mira; José Maria e João Vacas de Carvalho; Francisco Reis; Tomás Cordovil; Manuel Sousa Nunes, António e Francisco Rosado Pereira; Rodrigo Costa Pereira; António e Pedro Moreira; Lourenço Horta; Diogo Porto; Ricardo Brás; Mauro Tomáz; Gonçalo Catita; Pedro Garcia; António Pimentel; Diogo Cigarro e João Alves. Estiveram acompanhados pela monitora dos sub 8 Lena Torres e pelo Diego Caeiro, jogador dos Sub 18. No final cada participante teve direito a um lanche e seguiu-se um salutar convívio entre todos.Foi muito interessante ver o envolvimento da toda a rapaziada, bem enquadrados pelos diversos profesores de Educação Física.
Ficamos à espera do próximo encontro comprometendo-nos a levar ainda mais atletas. Um grande obrigado à Câmara Municipal de Montemor por mais esta contribuição para que o espirito de cidadania em volta do nosso Concelho continue a promover-se.
Para finalizar é cada vez mais importante poder-se treinar e jogar no nosso campo, por isso pede-se à Câmara de Montemor que faça todos os esforços para que o nosso trabalho possa continuar e seja cada vez melhor, pois acima de tudo os resultados apresentados são um acréscimo de valor para o nosso Concelho.

Santarém vs RCM

Depois do bom jogo de preparação da semana passada o Rugby Clube Montemor, que apesar das várias baixas que apresentava (perto de 15 jogadores) queria continuar com as boas exibições agora contra o Santarém, para assim continuar na liderança do seu grupo da II Divisão do Campeonato Nacional.
Assim, com várias alterações na equipa, o RCM entrou forte no jogo como era o seu dever e inaugurou o marcador através do Zé Alberto, depois de uma boa jogada colectiva. O resto da primeira da primeira parte não foi muito diferente, com os Mouflons sempre na “mó de cima” do jogo e obtiveram resultados através de 2 ensaios, um de Ricardo Ribeiro e outro de Francisco Soares, ensaio este que seria convertido pela marcador do segundo ensaio, Ricardo Ribeiro. Ao intervalo registava-se o resultado de 0-17.
Na segunda parte a equipa da casa tentou responder e viria a marcar um ensaio convertido, mas sempre que o RCM acelerava o jogo, punha em sentido a equipa de Santarém e após mais um safanão no jogo chegou-se ao ponto final no resultado, fruto de mais um ensaio do ponta Zé Alberto que seria convertido pelo centro Pexardeco.
No fim do jogo o marcador registou um saboroso 7-24, que mantém a equipa de Montemor na frente do grupo, ainda que há condição e a continuar a depender só de si para ganhar o grupo e jogar a meia final em casa. Nota negativa para mais uma lesão, desta vez do abertura João Baptista que se pensa ter fracturado o dedo médio da mão esquerda, a família do RCM deseja-lhe as melhoras como aos restantes lesionados.
Pelo Rugby Clube Montemor alinhou: Jorge (Boguinha), Café (Tomáz), Joel, Calção (Cigarro), Fernando, Francisco Soares, Batata, Ricky, Nhé, João Baptista (Mihail), Bibe (Cap.), Pexardeco, Zé Alberto (Tomé), Chabal (Ramalho), Semion.

Flash Interview

“Tal como referi; a minha confiança nestes jogadores era plena e consciente! Os meus PARABÉNS à capacidade de luta e à concentração que mantivemos no NOSSO OBJECTIVO: A VITÓRIA! Só isso nos interessava e alcançámos. Voltámos a fazer o planeado e fomos os SENHORES do jogo. Volto a afirmar: Temos outro Rugby! Poder-me-iam dizer, mas se o teu rugby é outro; que fazes aqui? A resposta está na vergonha de Campeonatos que disputamos. Quando há equipas que merecem ter árbitros para jogos e outras não, não é fácil; quando há equipas nas divisões em cima que aos 18 minutos têm de terminar o jogo, porque levam 50-0 na altura e fingem não ter jogadores (ou vai na volta não têm mesmo), e ninguém vê isto – algo de errado se passa. O que há por aí mais é antecipar e adiar jogos (campeonatos organizados!?!), continuo a ver coisas erradas no panorama Nacional. Onde estavam os 28 árbitros que se diz ter, quando estão cerca de 10 nomeados este fim-de-semana. Em formação? Então se adiam jogos por tudo e por nada, adiem porque não há árbitros! E ficam sabendo a minha opinião: NÃO SÃO OS CLUBES QUE TÊM DE FORMAR ÁRBITROS, OS CLUBES TÊM DE FORMAR JOVENS JOGADORES, TÊM DESPESAS COM QUE SE PREOCUPAR, TEM A SAÚDE DOS SEUS ATLETAS POR PRESERVAR, ETC. Paguem bem, que os árbitros aparecerão! O MONTEMOR NÃO TER “DADO” ÁRBITRO Á ASSOCIAÇÃO DOS MESMOS, NÃO É VERDADE; DUAS OU TRÊS PESSOAS JÁ FIZERAM O CURSO DE INICIAÇÃO E NÃO FORAM MOTIVADAS PARA CONTINUAR; RECENTEMENTE, POR NOS CHATEAREM COM ISSO, NOMEAMOS UM JOVEM QUE PODERÁ ESTAR INTERESSADO, AINDA NINGUÉM SE APROXIMOU PARA SABER NADA SOUBE ELE E TAMBÉM LHE DISSE JÁ: ÉS UM VALENTE SE ENCARARES ESSE “HOBBY”. Mas também espero que ele não seja como alguns que se dizem árbitros, recusando-se a apitar tal jogo, não se cuida fisicamente, não se actualiza, etc. SOU MUITO PATRIOTA, SOU UM AMANTE DESTA MODALIDADE; POR ISSO ME ENTRISTECE VER COMO ISTO VAI. MAIS GRAVE AINDA, É NÃO VER NINGUÉM A “TENTAR” RESOLVER ISTO. Orgulho-me de ver os feitos da Selecção, mas meus senhores, há mais com que nos preocuparmos do que só com os problemas a nível internacional. Não vou falar mais dos Clubes, mas a Federação tem de admitir que o Rugby Nacional está mal e que não há vontade ou não conseguem resolver os seus assuntos.
Bem, mas estas coisas “pouco importantes”, noutra altura serão revistas (quando pensarem que o maluquinho que é de Montemor, afinal tinha razão!). Gosto mais de falar daquilo que está ao meu alcance e por isso, quero falar da minha equipa e dos problemas (que assumo que há e preocupo-me em resolvê-los, posso é não conseguir – ehehe - mas tento), de forma a anulá-los jornada após jornada.
Foi uma grande vitória em Santarém, porque jogámos contra tudo e todos. Num campo que parece um “batatal”, isto para ser simpático; sem balneários; contra uma equipa que sabe pouco das regras da modalidade, contra uma arbitragem (que é injusto, pois a pessoa faz o favor e ainda é criticado), que não está actualizada e nada pedagógica e/ou sensível; e contra uma equipa que tem 11 jogadores no banco para além dos 15 (acho eu!?) em campo; assim sendo, penso que foi uma vitória muito importante. Os Senhores do Rugby Nacional, não são os dirigentes da Federação, nem dessas comissões ou associações – SÃO OS MEUS JOGADORES!!! Não se está a ver que se coloca em risco a saúde dos praticantes, que não se pode evoluir a qualidade de jogo! Parece-me por vezes que se quer continuar a jogar o rugby doutras Eras.
Termino uma vez mais elogiando a minha equipa, pois debateram-se como bons jogadores que são e “acatando” muitas coisas, que no final verificámos ter valido a pena e como consolo nestas situações; o “sabor” é outro. Pois a vitória foi muito justa e alguns jogadores muito jovens e com um pouco menos de experiência mostraram estar à altura do compromisso, da equipa e da camisola que envergam e defendem até às últimas consequências!
Um abraço deste homem do rugby, para os SENHORES DO RUGBY”
João Baptista da Veiga Malta

“Acho que foi um jogo bastante positivo no que diz respeito ás aspirações do RCM para esta época. Com esta vitória ficamos em muito boas condições para alcançar um lugar na meia-final, e lutar pela final.
Relativamente ao jogo, acho que o resultado espelha o que se passou em campo, um RCM superior em todos os aspectos sobre um Santarém que soube lutar até ao fim e a merecer o ensaio conseguido a meio da segunda parte.
Este jogo demonstrou que estamos a subir de forma devido á maior competitividade e á maior regularidade de jogos. Espera-nos agora uma jornada que pode ser decisiva para a classificação final do grupo, contra um adversário que nos merece todo o respeito, mas que o resultado na nossa mente não pode ser outro senão a VITÓRIA!
Finalmente uma nota negativa para mais uma ausência de árbitro oficial.
António Bibe

sexta-feira, março 14, 2008

Convocados para Jogo contra Santarém

Os seguintes jogadores estão convocados e devem comparecer atrás do Curvo Semedo ás 9.50h SEM FALTA!

Primeiras Linhas: Jorge, Café, Joel, Boguinha;

Segundas Linhas: Fernando, Calção, Cigarro;

Terceiras Linhas: Batata, Chiquinho, Ricky, Tomaz;

Formações: Nhé, Tomé;

Abertura: João Baptista;

Centros: Bibe, Pexardeco, Marcelo, Ramalho, Mihail;

Pontas: Zé Alberto, Chabal;

Arrier: Semion.

Antevisão do jogo contra o Santarém

"Para nós como já afirmei, o jogo de Domingo passado, serviu de treino apenas, e ao contrário do que se diz por aí, esse não foi, não é, nem será o jogo da vida dos jogadores do Montemor. Afirmei que o Évora neste momento ainda está superior a nós, pois está numa divisão acima e tudo; mas nós comparamos-nos aos melhores em tudo, porque queremos lá chegar, ou seja, o nosso olhar vai mais além neste momento. Este jogo estava para ser realizado desde que o Meu Amigo Pedro Barradas tinha assumido o cargo de treinador, mas acabávamos por não ter datas ou campo relvado para o disputar. Penso que ficou evidente a superioridade duma equipa numa parte e a de outra, noutra parte. Quem não quis ver ou assumir essa realidade, vê um Rugby diferente do meu. Pena foi, termos sofrido um ensaio nos descontos de tempo da 1ª parte, de não termos marcado as duas oportunidades que tivemos no inicio da 2ª e termos “dado” uns ensaios com erros (já assumidos) que não se usam nos dias de hoje. Mas de "ses"… estou eu bem, esses “ses” não me resolvem os problemas que apontei, por isso – trabalhar mais!
A equipa que vamos apresentar em Santarém é bastante ambiciosa e com grande capacidade, devido aos jovens talentos e à vontade que eles têm em representar, jogar e ganhar com a camisola deste Clube que tanto honram. O Santarém para estar nesta fase, é porque tem o seu valor e por essa razão, vamos com todo o cuidado e respeito pelo adversário.
Disputámos à bem pouco tempo um jogo de treino e deu para ver que eles melhoraram. A equipa que vou apresentar, terá algumas alterações. Vai ser de certeza uma equipa com mais vontade ainda e com um grande espírito de sacrifício e níveis altos de concentração.
Confio nos jogadores que vão estar Sábado a lutar pela Vitória!"

João B. Veiga Malta

quarta-feira, março 12, 2008

Jogos do Fim Semana

Os Sub-8, Sub-10 e Sub-12 vão participar no encontro concelhio das Escolas e Escolinhas do Desporto, com concentração marcada para as 9,30 h do próximo sábado 15 de Março, no Pavilhão Gimnodesportivo de Montemor-o-Novo (junto à EB 2/3) no final da actividade todos os participantes terão direito a um lanche, devendo este evento terminar cerca das 11,30 h.

Os sub-18, tendo em conta a preparação da fase final do seu campeonato, vão realizar um jogo do treino com a equipa do Belenenses "B" no Estádio Nacional em Oeiras, Campo A com saida prevista de Montemor-o-Novo pelas 10 h no próximo sábado dia 15 de Março.

Os séniores vão disputar a 2.ª jornada da Fase Final do Campeonato nacional da 2.ª Divisão com jogo marcado com o RC Santarém também para sábado dia 15 de Março, igualmente com saída de Montemor-o-Novo pelas 10 h.

No Domingo, dia 16 de Março (Domingo de Ramos) o RCM acedeu ao convite do Agrupamento de Escuteiros de Montemor-o-Novo (CNE) para participar na Procissão dos Ramos com saída do Convento de São Domingos pelas 14,30 h, pelo que desde já estão todos os atletas e sócios convidados para colaborar e acompanhar com elevação esta peregrinação.

segunda-feira, março 10, 2008

Camadas Jovens

Realizou-se no passado 8 de Março, no C.N.E.M.A., em Santarém mais um convívio de Sub-8; Sub-10 e Sub-12.Com a participação das seguintes equipas: Escola da Galiza; R.C. Santarém; C.R. Évora; Cascais; R.C. Montemor; R.C. Elvas; Caldas R.C. e Rugby da Vila da Moita. As nossas equipas realizaram três jogos por escalão, sendo o saldo francamente positivo com seis vitórias, dois empates e apenas uma derrota.
Alinharam os seguintes jogadores pelos sub-8, orientados por Lena Torres - Luís Marques dos Santos; José Sendim; Duarte Xavier; Jorge Gato; João Tomáz, José Maria Perdigão e Mateus Bregas.
Pelos Sub-10, orientados pelo professor Yves Corradin, alinharam: José Maria Vacas de Carvalho; Francisco Reis; Pedro Jaleco; Manuel Sousa Nunes; Francisco e António Rosado Pereira; António e Pedro Moreira; Lourenço Horta e Rodrigo Costa Pereira.
Pelos Sub-12, orientados pelo Kiko, alinharam: Diogo Porto; Ricardo Brás; Manuel Bravo; Mauro Tomáz; Pedro Garcia; Gonçalo Catita; Alexandre Mémé; João Salgueiro; Eduardo Rodrigues; António Pimentel; António Marques dos Santos e Diogo Cigarro.
Mais uma vez temos que agradecer quer à Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, pela cedência do transporte quer aos pais que nos acompanharam.
Informa-se os Sub-10, que passam a treinar á quarta-feira juntamente com os Sub-12.

domingo, março 09, 2008

Derby Alentejano

Este Domingo realizou-se em Évora, no Campo Estrela, o derby alentejano entre as formações do Clube de Rugby de Évora e o Rugby Clube Montemor para jogo de preparação para os respectivos campeonatos.Apesar das equipas estarem em divisões diferentes isso não ficou demonstrado e a primeira parte começou com os Mouflons a entrarem com toda a força, colocando sempre o jogo no meio campo adversário. E viriam a ser compensados com um ensaio da autoria de Ricardo Ribeiro que converteria o pontapé. A equipa da casa tentava responder mas a defesa do RCM estava bem a defender, com segurança e viria a dilatar o marcador através de 2 penalidades convertidas por Ricardo Ribeiro pondo o resultado em 0-13. Já no fim da primeira parte o CRE reduziu a desvantagem através de um ensaio convertido, indo as equipas para o intervalo com o resultado em 7-13.
A segunda parte começou quase com novo ensaio do RCM, onde o ponta Quadrado quase marcava. Após este susto o CRE sacudiu o jogo e instalou-se no meio dos Mouflons que entretanto iam conseguindo defender bem o resultado, mas nos últimos 15 minutos o RCM foi abaixo fisicamente e teve falhas na defesa que foram aproveitadas pela equipa da casa para conseguir 4 ensaios e 2 conversões, fixando o resultado final em 31-13.
Nota de destaque aos sócios e adeptos Mouflons que apoiaram a equipa sem cessar até quando o resultado ficou adverso, um MUITO OBRIGADO e que nos continuem a apoiar como sempre fizeram, o RCM deseja também as rápidas melhoras aos jogadores Ricardo Ribeiro, António Quadrado e Zé Pedro que viriam a ter de sair por lesão.
Alinhou pelo Rugby Clube Montemor: Joel, Batata, Jorge, Fernando, Simba, Gonçalo, Mota, Ricky, Jomi, João Baptista, Bibe, Ricardo Ribeiro, Zé Alberto, Quadrado, Semion. Jogou ainda Boguinha, Zé Pedro, Zé Maria, Filipe Silva, Manuel Ramalho.

Flash Interview

“O esperado jogo com o Évora finalmente chegou, acho que entramos muito bem no jogo, a primeira parte foi dominada pelo RCM. Bom na defesa, bom no ataque, mostramos que o jogo não ia ser tão fácil como a equipa da casa pensava. Acho que cumprimos o que o treinador nos pediu, eles pensavam que por estar numa divisão acima o jogo ia ser “favas contadas” mas nós assim não o permitimos, eles começaram a ficar desorientados e nós conseguimos praticar um bom nível de rugby, e tivemos prazer do jogo que estávamos a jogar. As partes más do jogo no meu ver e que se tem de melhorar foi as falhas de placagens, a falta de atenção, a falta de pernas, entre outras.
Acho que foi um bom jogo de treino para nos preparar para as fases finais do campeonato, e com muito trabalho e a garra que tivemos na primeira parte do jogo, tenho a certeza que nós conseguimos a subida de divisão, agora espero que continue tudo a ir aos treinos porque só com trabalho e que vamos conseguir a nossa subida de divisão. Acho que mostramos que temos uma equipa muito forte e unida “A FAMILIA”.
Parabéns a família foram todos uns guerreiros dentro de campo, e honraram o nosso Mouflon, um agradecimento também ás pessoas que foram ver o jogo e apoiaram o RCM, um apoio muito importante para quem está a batalhar dentro de campo. FORÇA RCM.”
Hugo Mota
"Acima de tudo, quero dar os parabéns a todos os meus JOGADORES! Não pelo resultado, claro; mas pela forma como estão a encarar os desafios aos quais são solicitados. Como jogo de preparação, levei 25 atletas; nem todos entraram, mas os mais experientes, terão outras oportunidades (já no próximo jogo) e os menos experientes também as terão no seu devido tempo, mas tenho a certeza que foi bastante importante para estes jogadores, estarem com a camisola do RCM vestida e prontos a assumir a responsabilidade se assim fossem solicitados. A melhor palavra de motivação e de responsabilidade da minha parte é, trabalho! Quero e preciso que todos trabalhem cada vez mais - todos fazemos falta!
O jogo em si foi bastante importante para os objectivos que tinha definido. Entrámos com muita força e vontade, surpreendendo tudo e todos. Sei; conheço a qualidade que temos, por isso acreditava que íamos jogar para ganhar; embora tenha advertido desde o inicio que o modelo competitivo da II Divisão, iria colocar-nos algumas dificuldades e mais não digo. O resultado final para mim, foi largo demais pelo Rugby que apresentámos. Embora tenhamos falhado em aspectos básicos, que nos levaram a sofrer pontos que noutras circunstâncias não podemos sofrer.
Termino com uma palavra aos nossos adeptos e simpatizantes, que educadamente nos apoiaram e acreditam neste grupo de trabalho. Aos poucos, estamos de novo a dar alegria e confiança a quem gosta de nós. Tenho a certeza que as nossas últimas exibições, têm orgulhado as pessoas que nos acompanham. Apareçam já na próxima jornada a dar alegria aos jogadores que entrarem em campo."
João Baptista da Veiga Malta
"Gostava de começar por felicitar a Equipa pelo jogo que fez…realmente, entramos em campo com o compromisso de deixar naquele relvado tudo o que tínhamos e não tínhamos – e coisa que o RCM faz questão é honrar os seus compromissos, pois assim foi!
Começamos o jogo com grande vontade e com a devida atitude: “Ganhar”; o espírito de sacrifício, a concentração, a entreajuda, o acreditar no AMIGO que tínhamos ao nosso lado, de que tanto se falava faltar sobressaiu e deu frutos…fomos para cima deles, jogamos ao nível que sabemos e merecemos…com o ensaio e os restantes pontos marcados calamos varias bocas que nos tentaram mandar abaixo, provamos que tínhamos equipa para mais e melhor e fizemos valer o valor da camisola do RCM!
Na segunda parte do jogo, faltaram-nos as pernas...isso deitou-nos abaixo, desconcentrou-nos e fez-nos abrir buracos na defesa…defesa que até ao fim dos 55 minutos se bateu muito bem nos sucessivos ataques do Évora (provou-se que quando trabalhamos bem nos treinos, os jogos correm-nos melhor).Pessoalmente, foi com grande gosto que joguei este jogo…foi especial…mas como há passados que nem merecem ser remexidos, quero apenas dizer que agora sim, eu jogo Rugby!
É de agradecer mais uma vez ao excelente apoio que tivemos na bancada, durante o jogo, todos nos os ouvia-mos e ganhávamos vontade para jogar mais e mais minutos! OBRIGADO!
Tivemos este fim-de-semana a prova de que quando acreditamos e lutamos, somos capazes de alcançar os objectivos...vamos trabalhar mais e com mais alegria e dedicação para assim sermos Campeões! Grande abraço à Família…RRRCCCMMM!"
Joaquim Correia

sábado, março 08, 2008

Convocados do RCM para o Derby

Os seguintes jogadores estão convocaos para o jogo contra o Clube de Rugby de Évora e devem de comparecer amanhã, dia 9 de Março ás 12.15h atrás do Curvo Semedo.

Primeiras Linhas: Jorge, Batata, José Oliveira, Joel Pedreirinho, Café, Boguinha, José Pedro;

Segundas Linhas: Fernando Soares, Gonçalo Ramos, André Calção;

Terceiras Linhas: Joaquim Correia, Francisco Cornacho, Francisco Soares, Hugo Mota;

Médios de Formação: João Reis, José Maria;

Médio de Abertura: João Baptista;

Centros: António Bibe, Manuel Ramalho;

Pontas: Zé Alberto, António Quadrado, Filipe Silva, Badé;

Arrier: Semion Popa, Ricardo Ribeiro.

Antevisão do Derby

"Como disse, espero que este jogo nos ajude a alcançar a própria razão dele; que seja um bom jogo de treino e que nos dê a possibilidade de melhorar o nosso rugby. Qualquer que seja o jogo e o carácter dele, eu e os meus jogadores, representando este Grande Clube, vamos entrar com o pensamento na vitória.
Estou a adorar o ambiente que se está a viver em redor deste (re)encontro, que me deixa orgulhoso das várias tardes que colocaram os dois grandes do Alentejo em campo. Este Domingo, espero que possamos dar o prazer aos adeptos de passarem umas horas de sua tarde, a ver bom rugby. Desfrutem…
Espera-se um respeito mútuo entre os jogadores, que com educação (pouco habitual no Desporto Nacional – e muito gabado em Inglaterra, o chamado fair play), vão disputar e tentar alcançar os seus objectivos.
Sabemos que vamos defrontar uma equipa da Divisão acima, sabemos que esta equipa foi disputar o ano passado a subida à Divisão de Honra, conhecemos os seus resultados, sabemos que os campeonatos estão muito diferentes um do outro, nós em 6 meses, tivemos apenas 5 jogos para campeonato e 2 para a taça; mas PROMETEMOS ENTRAR PARA GANHAR!
Sinto que podemos fazer um bom jogo."
João Baptista Malta

quarta-feira, março 05, 2008

Jogo Fim de Semana

Este Domingo, dia 9 de Março a equipa sénior do Rugby Clube de Montemor desloca-se a Évora onde irá defrontar a equipa do Clube Rugby de Évora num jogo de preparação, pelas 15h no Campo Estrela.

segunda-feira, março 03, 2008

Bom Começo

No passado dia 1 de Março o Rugby Clube Montemor recebeu em Santa Justa a Associação Prazer Jogar Rugby.
Os Mouflons queriam começar da melhor forma a 1ºJornada da 2ºFase do Campeonato Nacional da II Divisão e dominaram a primeira parte do jogo com facilidade, tendo chegado ao intervalo com o resultado em 33-0, fruto de 5 ensaios da autoria de António Quadrado (2), Semion Popa, João Reis e António Bibe e da conversão de 4 ensaios através de Ricardo Ribeiro.
Na segunda parte os Mouflons abrandaram o ritmo talvez também pela temperatura que se registava mas mesmo assim obtiveram 4 ensaios marcados por Pedro Neves (2), José Oliveira e José Almeida tendo três deles sido convertidos por Ricardo Ribeiro fixando o resultado final em 59-0 para a equipa da casa.
Jogou pelo Rugby Clube Montemor: José Oliveira, João Marques (Marcelo Mota), Jorge Maior (Jorge Miguel), Gonçalo Ramos, Fernando Soares (André Calção), Hugo Ferreira, Francisco Soares, Francisco Cornacho (João Palhoça), João Reis (José Reis), Pedro Neves, António Bibe, Ricardo Ribeiro, António Quadrado, Filipe Silva (José Almeida), Semion Popa.

Flash Interview

“Os meus jogadores estão de parabéns e demonstraram uma grande vontade de entrar com o tal pé direito nesta fase final do Campeonato da II Divisão. Penso, que numa boa tarde de Sábado, os vários adeptos, que desde já agradeço a comparência ao meu apelo, se divertiram e se entregaram tal como os jogadores ao jogo que estavam a “viver”. Demonstrámos e praticámos um bom rugby, embora enquanto treinador, queira melhorar nos próximos jogos, alguns aspectos que serão de bastante importância, para que o nosso objectivo seja alcançado.
O adversário que defrontámos, tinha as suas qualidades, mas o resultado foi bastante claro e evidenciou a nossa supremacia. Tivemos erros que não podem acontecer, pois a nossa concentração ainda não está a 100%, que nos levou a um abrandamento na 2ª parte.
Temos agora 15 dias para preparar o jogo com o Santarém, esperando eu, poder trabalhar com os meus jogadores os aspectos a melhorar.
Espero poder contar com todos os jogadores; que recuperem rapidamente e que possam dar o seu contributo, sempre que eu entender!”
João Baptista Veiga Malta

"Acho que ontem tivemos um jogo bastante acessível, defrontamos uma equipa bastante jovem, o que nos permitiu obter um resultado bastante dilatado. Tentámos sempre implementar o nosso jogo, aquele que trabalhamos todos os dias nos treinos. Mantivemos quase sempre o jogo nos 22 metros da equipa adversaria colocando sempre pressão do lado deles com o objectivo de errarem e nos entregarem a bola, erramos menos na construção do jogo, e por conseguinte, obtivemos algumas boas jogadas de avançados e também das linhas atrasadas.
Tivemos ligeiros problemas na defesa, isto porque, acusamos ainda alguma falta de ritmo competitivo, e também devido ao calor que se fez sentir durante o tempo de jogo. Queria congratular o facto de termos sido arbitrados, pela primeira vez este ano, por um árbitro oficial e espero que continuemos a melhorar a cada treino e jogo que fazemos, isto para atingirmos o nosso grande objectivo esta época, a subida de divisão."
Pedro Neves